­

Estudo1

Estudo2

População jovem portuguesa acredita que pandemia irá transformar padrões de relacionamento

Um estudo do Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco em Crianças e Adolescentes (IREFREA Portugal) revela que 71% dos jovens portugueses acreditam que a atual pandemia alterou a forma como se relacionam com os seus amigos. Realizado em parceira com a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, este estudo mostrou ainda que, face a esta crise, 45,7% dos inquiridos concordam com o fecho de fronteiras, 40% determinariam o isolamento social obrigatório, e 21,5% sugerem o encerramento de todos os serviços, exceto farmácias e supermercados.

O inquérito nacional debruçou-se ainda sobre os comportamentos de higiene, com 69% dos homens e 78,9% das mulheres a admitirem que esta crise irá modificar os comportamentos de higiene no futuro. Estes comportamentos coincidem, na sua maioria, com as indicações dadas para controle da pandemia: 10,9% referem que irão adotar medidas mais conservadoras de distanciamento social; 94,3% de higienização das mãos; 7,5% de etiqueta respiratória, e 24,7% referem que irão ter uma maior atenção à limpeza e desinfeção.

Para Fernando Mendes, presidente do IREFREA Portugal, estes resultados demonstram que “ao contrário do que se tem veiculado sobre a atitude irresponsável dos jovens, existe uma opinião favorável à contenção da epidemia. O contexto atual trouxe consigo uma nova forma de relacionamento social para a maioria, que assume a adoção de diferentes rotinas para o futuro”. No entanto, e na opinião do psicólogo, “é preciso acautelarmo-nos de esforços para que a contenção se mantenha, pois existe ainda uma franja considerável que não a reconhece como essencial”. Com 56,9% dos participantes a afirmarem que esta situação de contingência levou a uma maior utilização das redes sociais, 28,1% da amostra não planeia ou tem dúvidas se vai alterar a forma como se relaciona com os amigos durante este período.

O estudo dirigido a pessoas dos 16 aos 35 anos foi idealizado com o objetivo de perceber a posição da juventude acerca das medidas de contenção do COVID19 e, com essa informação, apoiar a implementação de algumas estratégias preventivas mais eficazes

 

Sobre o inquérito

O estudo foi desenvolvido recorrendo a um questionário on-line, disseminado durante 24h, e recolhendo 374 respostas. Dessas respostas foram eliminados 34 casos, que correspondiam a pessoas com 36 e mais anos. Das 341 respostas analisadas verificou-se que 25,5% indicaram sexo masculino e 73,6% o feminino. A média de idades dos homens (23,6±4,8 anos) não era estatisticamente diferente das mulheres (22,9±4,4 anos). A profissão mais referida foi estudante (58,1%) e 23,2% refere ser trabalhador por conta de outrem. Apenas 1,8% dos respondentes refere ser desempregado(a). Quanto à área de residência, 66,6% refere território urbano e 74,8% vive com a família de origem. Em média, utilizam 4h diárias para estar nas redes sociais e saíam para ir a um café, bar ou discoteca ou festas de amigos, em média, 2 noites por semana.

 

Coimbra, 4 de abril de 2020

Queres mais informação ou ajuda sobre o teu consumo de drogas?

 

Projeto Noite Saudável

Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal [NSCCP]

https://www.noitesaudavel.pt
https://www.facebook.com/Noite-Saud%C3%A1vel-das-Cidades-do-Centro-de-Portugal-257059804938226

Os contextos recreativos desempenham um papel importante na vida das cidades e dos jovens mas têm, em várias situações, uma ligação intrínseca com a rutura de hábitos de vida saudáveis e a associação a uma multiplicidade de fatores de risco em várias áreas (violência, abuso de álcool e/ou consumo de drogas ilícitas, sinistralidade rodoviária, etc.). + info

 

Prevenção Assédio e Abuso Sexual

STOP!SV é um programa, dinamizado pelo IREFREA, que tem como principal objetivo a formação para profissionais de contextos recreativos noturnos para identificar, prevenir e intervir na violência sexual.
No contexto atual, em que a violência sexual tanto alarma a nossa sociedade, é fundamental que todas as entidades se unam numa resposta ativa a estas problemáticas, e que todos possam ter um papel ativo nesta problemática.
O STOP!SV é um programa de formação (com a duração aproximada de 4 horas), e que se destina a todos os profissionais que trabalham em contextos recreativos noturnos (gestores, seguranças, barmans, promotores, etc.), e cujo objetivo é a capacitação para a identificação, prevenção e intervenção na violência sexual.

Para mais informações, por favor contacte-nos. + info

PDF Course Leaflet

Tu Decides

www.irefreaportugal.pt/intervencao/tu-decides

No ano letivo 2018/2019 e 2019/2020 temos previstas diversas formações para professores do ensino básico e secundário, e outros profissionais, sobre o programa Tu Decides. Estas formações estão devidamente acreditadas, e apresentam-se como Oficinas de Formação de 50 horas (25 horas presenciais, e 25 horas de trabalho autónomo).

Para mais informações, por favor contacte-nos. + info

Folheto Tu Decides - para Pais e Educadores
Folheto Tu Decides - Programa

Promoção de Noite Saudável

Programa de formação para os Profissionais dos estabelecimentos de diversão noturna, de organizações não governamentais, e da área da saúde e segurança

Objetivos gerais:
Promover ambientes de diversão noturna mais saudáveis e mais seguros.
Treinar estratégias que mostraram ser eficazes na resolução de diferentes situações de risco em ambientes recreativos como controlo local, comunicação interpessoal, gestão de conflitos, venda/distribuição responsável de álcool, primeiros socorros.

Para mais informações, por favor contacte-nos. + info

PDF Staff Training

­
copyright 1998-2020 IREFREA Portugal | Todos os Direitos Reservados